O piloto automático do evangelizador

Eu me senti como se estivesse ligado um piloto automático na evangelização através da música. E com isso deixo claro que sei que, obviamente, depois de acionado o piloto automático nos leva ao nosso destino. Ou pelo menos ao destino programado.

Mas algo em mim dizia que estava errado. Que precisava de mais. Ou pelo menos me abrir a novas possibilidades.

Evangelizar através da música pressupõe verdade. Mas, como perguntou Pilatos: o que é a Verdade? Será a imagem cristalizada de quem somos, ou achamos que somos? Serão as frases feitas, clichês artísticos e espirituais, reproduzidos ad Infinitum?

A verdade na arte e na vida não se apresenta pronta de uma única e definitiva vez. Ela se propõe sempre nova. Cristo é sempre novidade. Mas para inaugurar algo novo precisamos reciclar o antigo. Quando não: abandoná-lo. Radical? Talvez. Só falo do que experimento. Mas a própria física de Newton já nos alertava que dois corpos não ocupam o mesmo lugar no espaço.

Para encontrar algo de novo em mim precisei escavar as montanhas do comodismo. Sair da zona de conforto. E fui dividindo com quem caminhava comigo. Dei o manuscrito do meu primeiro livro para o Fred e o Filipe da banda DOM lerem antes de ser impresso. E chamei eles para estarem comigo no lançamento do segundo livro. Escrever e publicar era novidade pra mim.

E continuo buscando essa novidade. No show de lançamento do DOISRIOS, meu projeto com Rodrigo Grecco, usei pela primeira vez uma guitarra no palco. Nesse mesmo álbum gravei pela primeira vez violão de aço e guitarra com e-bow. Semana passada, nos apresentamos e tentei partilhar com o público histórias que ainda não havia falado no palco.

O desafio de permanecer na novidade não é um desafio que se possa vencer em uma definitiva batalha. A boa novidade (este “evangelho” artístico) precisa nos interrogar sempre! Não podemos nos acovardar diante do questionamento. Como diz uma das canções que gravei no DOISRIOS: “Você quer uma resposta mas tem medo da pergunta”.

Faça um comentário