Por que músicos católicos não devem comprar views e curtidas em redes sociais?

Por que músicos católicos não devem comprar views e curtidas em redes sociais?

Sim, você pode investir dinheiro em campanhas no Facebook! E deve! Utilize com o máximo de inteligência e estratégia as possibilidades de impulsionamento, fazendo testes AB, experimentando diferentes textos (Copywriting*) e imagens. O algoritmo utilizado por algumas redes abre esta forma de monetização da própria rede. Mas, não, não compre seguidores nem pague por views!

Você lançou um clipe, um single ou álbum e recebeu no seu celular a mensagem de certos administradores de “social media” estipulando valores e discriminando “serviços” onde números de views e curtidas são previstos.

Pra começo de conversa isso é ilegal!

Você pode ser banido do YouTube por fazer esta prática! Viola o contrato que você não leu mas concordou ao entrar nesta rede social.

Em segundo lugar: você está gerando uma realidade falsa, desmoralizando uma mídia, desvalorizando seu trabalho artístico.

Ser artista e ser católico é concordar com a arte e com a vida para que em “tudo seja Deus glorificado”. Não tente colher onde não semeou. Não tente acelerar os frutos do seu projeto evangelizador. Não queira receber a moeda de César pelos dons que Deus derramou no seu coração.

Construa a casa sobre a rocha da tranquilidade de quem sabe que tudo concorre para o bem daqueles que o amam. Que números não impressionam quando não traduzem a verdade. Está cada vez mais fácil identificar quem compra seguidores ou views.

Caminhe com tranquilidade de quem sabe que vai na direção da eternidade. Não pegue atalhos. Não se preocupe com todos os que veem seus vídeos ou ouvem suas musicas. Se preocupe com cada um deles.

Você é melhor quando é você mesmo!

*Copywriting é um termo em inglês que não tem uma tradução específica para português, mas significa o uso das palavras corretas para se comunicar com seu público, no intuito de guiá-lo para uma tomada de decisão. Esta tomada de decisão pode ser desde cadastrar um email até realizar uma compra em seu site.

Faça um comentário